Notícias

Deputado aumenta teto da receita do Simples

Data: 2008-08-19

A Câmara dos Deputados analisa o Projeto de Lei Complementar 379/08, apresentado pelo deputado Antônio Carlos Mendes Thame (PSDB-SP), que amplia o número de empresas que poderão ser beneficiadas pelo Simples Nacional (Supersimples).

A proposta aumenta progressivamente o teto da receita bruta exigida para a empresa aderir a esse sistema. Atualmente, a microempresa ou a empresa de pequeno porte que quiser ingressar no Supersimples deve ter receita bruta anual máxima de R$ 2,4 milhões. De acordo com o projeto, esse limite sobe para R$ 3 milhões em janeiro de 2011; para R$ 5 milhões em 2013; e para R$ 7 milhões em 2015.

Segundo dados da Receita Federal, cerca de 100 mil empresas faturam entre R$ 2,4 milhões e R$ 7 milhões, podendo, portanto, ser beneficiadas pelo projeto.

Hoje, mais de 3 milhões de empresas já integram o Simples Nacional.

O projeto será examinado pelas comissões de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania, antes de ir ao Plenário da Câmara.

Fonte: DCI
Outras notícias
Prefeitura decreta feriado para o dia 12 de junho, mas não para comércio
Encontro define novo cronograma para o eSocial
MEI tem até o dia 31 para entregar a declaração anual
Receita alerta para mensagem falsa encaminhada por e-mail
Ministério usará internet para cobrar FGTS

Todas as notícias