Notícias

Contribuintes em débito com a Prefeitura podem parcelar dívida em até 36 vezes

Data: 2008-01-02

Os contribuintes que estão em débito com a Prefeitura de São Bernardo terão até 30 de abril de 2008 para parcelar o débito em até 36 vezes. A medida só será possível porque a Prefeitura aprovou na Câmara Municipal, em dezembro, o PEP (Programa Especial de Parcelamento).

A Prefeitura tem a expectativa de recolher cerca de R$ 60 milhões em acordos feitos pelo PEP. O contribuinte que tiver dívida com a Prefeitura de impostos e taxas municipais como IPTU (Imposto Predial Territorial Urbano) e ISSQN (Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza) até 31 de dezembro de 2007 terá quatro meses para aderir ao PEP.

O valor mínimo da prestação é de R$ 50 para pessoa física e R$ 100 para pessoa jurídica. O contribuinte que parcelar seu débito em 36 vezes pode ter até 95% de redução de multa e juros. Para quem saldar a dívida à vista em parcela única, a redução será de 100% da multa e dos juros.

O parcelamento em até 24 vezes terá prestações mensais fixas e sucessivas, já para o parcelamento em até 36 vezes, os valores serão atualizados monetariamente, a cada período de 12 meses. O PEP também beneficia os contribuintes que já fizeram parcelamentos anteriores e ficaram inadimplentes. Agora, essas pessoas poderão parcelar novamente suas dívidas com os mesmos descontos.

Esta é a segunda edição do PEP. Antes dele, porém, a Prefeitura tinha feito o Refis (Programa de Recuperação Fiscal). Os dois programas tinham como objetivo recuperar parte da dívida ativa da Prefeitura. Somente com o último PEP, a Administração recuperou cerca de R$ 80 milhões.

O pedido de parcelamento deve ser feito entre janeiro e 30 de abril no Poupatempo, que fica na rua Nicolau Filizola, 100, no Centro de São Bernardo. Apenas o próprio contribuinte ou representante legal pode firmar o acordo com a Prefeitura. O termo de compromisso será cancelado automaticamente em casos de inadimplência.

Fonte: FISCOSoft
Outras notícias
Prefeitura decreta feriado para o dia 12 de junho, mas não para comércio
Encontro define novo cronograma para o eSocial
MEI tem até o dia 31 para entregar a declaração anual
Receita alerta para mensagem falsa encaminhada por e-mail
Ministério usará internet para cobrar FGTS

Todas as notícias