Notícias

Entrega da declaração do IR pela internet é segura, garante Receita

Data: 2009-03-13

O supervisor nacional do Programa do Imposto de Renda (IR), Joaquim Adir, garantiu hoje (13) que a entrega da declaração pela internet é "totalmente" segura. Segundo ele, a transmissão é realizada com dados criptografados (codificados) e com rapidez para evitar a interceptação por crackers (pessoas que usam a rede para furtar senhas ou informações).

"É em segundos. É muito difícil que alguém possa pegar algum dado. Isso nunca ocorreu. Temos certeza que a transmissão é totalmente segura.", disse.

Joaquim Adir participou do programa Brasil em Pauta, da Secretaria de Imprensa da Presidência da República, quando respondeu a perguntas encaminhadas por meio de uma cadeia de rádios de todas as regiões do país.

Além das questões relativas à segurança, Joaquim Adir foi questionado sobre outros problemas que o contribuinte pode enfrentar na hora de enviar o documento. Um deles diz respeito à falta da declaração de rendimentos fornecida obrigatoriamente pelas empresas.

Segundo ele, o contribuinte que tem dificuldade para conseguir com a empresa que trabalha ou trabalhou as informações para o preenchimento da declaração deve usar os valores que constam no contracheque. "Se ele informar corretamente, não terá nenhum problema. Ele não tem que estar obrigatoriamente com esse documento em mãos."

O prazo final para a entrega das declarações é 30 de abril, à meia-noite, horário de Brasília, para quem usar a internet. Outras formas de entrega obedecem ao horário de expediente das agências do banco ou dos Correios.

A multa para quem atrasar é de R$ 165,74. Devem fazer a declaração as pessoas que durante o ano de 2008 receberam salários superiores a R$ 16.473,72 ou qualquer tipo de rendimento isento ou tributado exclusivamente na fonte, acima de R$ 40 mil.

Os programas para o preenchimento e a transmissão dos dados estão disponíveis na página da Receita na internet desde o dia 2 de março. O endereço é www.receita.fazenda.gov.br

Além da internet, o contribuinte pode entregar a declaração em disquete nas agências do Banco do Brasil e Caixa Econômico Federal e, em formulário de papel, nas agências dos Correios.

Até as 11h de hoje, a Receita havia recebido 2,1 milhão de declarações do IR. Isso representa 8,4% das 25 milhões de declarações que devem ser entregues à Receita neste ano.

Fonte: Agência Brasil

Outras notícias
Prefeitura decreta feriado para o dia 12 de junho, mas não para comércio
Encontro define novo cronograma para o eSocial
MEI tem até o dia 31 para entregar a declaração anual
Receita alerta para mensagem falsa encaminhada por e-mail
Ministério usará internet para cobrar FGTS

Todas as notícias