Notícias

Carga tributária vai a 35,15% do PIB, estima especialista

Data: 2009-01-28

A carga tributária de 2008 somou 35,15% do PIB (Produto Interno Bruto), segundo os cálculos do especialista em contas públicas Amir Khair, feitos a pedido da Folha. A carga tributária é uma estimativa do peso dos impostos sobre toda a produção nacional e o ganho dos trabalhadores em um ano.

Em 2007, a carga tributária foi de 34,79% do PIB. Se a estimativa de Khair se confirmar, o peso dos impostos sobre as riquezas do país terá crescido 0,36 ponto percentual no ano passado.

O resultado oficial da carga tributária de 2008 será divulgada pela Receita Federal, o que ainda não tem data para acontecer. A cada ano, a Receita posterga mais o anúncio desses números. A divulgação costumava ser feita entre abril e julho do ano seguinte. A carga tributária de 2007 só foi conhecida em dezembro do ano
passado.

Desde 2003, a carga subiu mais de quatro pontos percentuais. No primeiro ano do governo Lula, o recolhimento de tributos federais, estaduais e municípios representava 31,41% do PIB.

Apesar da alta no resultado global de 2008, o especialista acredita que houve queda na carga tributária do governo federal ao longo do ano passado. Ele disse que, apesar do aumento no recolhimento de tributos federais, de 7,6% acima da inflação, o crescimento não superou a alta do PIB nominal no período. Com isso, a carga da União pode ter caído em 0,04 ponto, para 24,31% do PIB.

O vilão do peso dos impostos do ano passado, para Khair, foram os Estados, com aumento de recolhimento do ICMS. Ele estima que a carga dos Estados subiu de 8,90% em 2007 para 9,27% em 2008.

Os municípios, pelos cálculos, tiveram aumento de 0,04 ponto de carga, para 5,5%.

"A União registrou uma ligeira queda de carga no ano passado. Esse dado será um surpresa. Desta vez, o carro-chefe de aumento serão os Estados", afirmou Khair.

Fonte: Folha de São Paulo
Outras notícias
Prefeitura decreta feriado para o dia 12 de junho, mas não para comércio
Encontro define novo cronograma para o eSocial
MEI tem até o dia 31 para entregar a declaração anual
Receita alerta para mensagem falsa encaminhada por e-mail
Ministério usará internet para cobrar FGTS

Todas as notícias